Resumo da sessão desta segunda-feira, 9 de outubro

Participação popular

A presidência da Câmara cedeu espaço na Tribuna para a Associação de Moradores do Conjunto Filemon Limaverde, do ‘Minha Casa, Minha Vida’ em Crato, representada pelos dirigentes Marcelo Bezerra e maria Cláudia Alves. Além de tratar sobre a entrega das residências, eles pediram a colaboração dos parlamentares para ações do Dia das Crianças daquela comunidade entre outras atividades desenvolvidas pela associação.

Também foi cedido fala na Tribuna para a presidente do SindSaúde, Martha Brandão, informar sobre reunião com o secretário municipal de Saúde, André Barreto, que buscou valorização de profissionais da saúde que atuam em Crato e, igualmente, pediu apoio dos vereadores.

Presidente do SindSaúde, Martha Brandão.

 

Posse de vereador

Suplente de vereador, Júnior Matos assumiu cadeira na Câmara durante Sessão Solene nesta segunda-feira. A vaga é assumida após licença do vereador Maurício Almeida (PDT), que se afasta das atividades legislativas pelo período de 125 dias para tratar da saúde.

No Pequeno Expediente o presidente da Câmara, Florisval Coriolano (PRTB) designou as comissões de Obras e Serviços e a de Defesa do Consumidor para acompanhar os processos de doações de terrenos que o município tem feito.

Adil Sampaio (PSC) novamente cobrou a recuperação de asfalto que cedeu na Rua Padre Lemos, ao lado da Praça Dona Ceicinha, no Seminário, “que completou trinta e dois dias sem resultado nem resposta por parte da empresa responsável. 

Jales Velloso (PSB) comentou sobre o índice de violência em conjuntos habitacionais do “Minha Casa, Minha Vida” em Crato e que sejam multados financeiramente pessoas e empresas que despejam entulhos no Canal do Rio Grangeiro.

 

Junior Matos tomou posse durante a sessão

 

Segundo a vereadora Ticiana Cândido (PSDB), a proposta orçamentária do Governo Federal apresenta uma redução de 98% em verbas para a assistência social no país. A vereadora explicou, ainda, que o Crato será afetado e pediu que a Câmara Municipal envia uma moção de repúdio à Câmara Federal contra aprovação da proposta.

Pedro Lobo (PT) comentou que a Lei Orçamentária Federal se configura como um desmonte das políticas públicas e de assistência social no país. Vicência Leandro (PMN) requereu atendimento por parte do poder público  às demandas da população através dos requerimentos dos parlamentares.

Já o vereador Renan Almeida (PEN) disse ser um absurdo as reduções propostas pelo Governo Federal. “Nenhuma política pública se sustenta com reduções orçamentárias”, declarou. O parlamentar ainda se posicionou contrário à ação movida pelo Conselho Federal de Medicina que impede enfermeiros de realizar prescrições.

 

Amadeu de Freitas discursa no Grande Expediente

 

O Grande Expediente foi aberto por Pedro Lobo (PT) que comentou ações que visam a construção de um plano estratégico de desenvolvimento econômico para o município do Crato, tendo como base o turismo, ações econômicas e o fomento às micro e pequenas empresas.

Roberto Anastácio (Podemos)  apresentou série de demandas que tem tratado com secretários municipais, a exemplo da merenda escolar e da perspectiva de zerar a fila de espera por atendimentos médico-hospitalares em Crato.

Informou, também, ter ido à Fortaleza com o objetivo de que seja implantada no Crato uma fábrica de cerveja. Na opinião do parlamentar, a fábrica geraria mais emprego e renda além de outros benefícios para o município.

O vereador Amadeu de Freitas (PT) citou emendas do senador Pimentel e da deputada federal Luizianne Lins, ambos do Partido dos Trabalhadores, que visam a recuperação de calçamento em ruas do Crato, em particular das Cacimbas, no bairro Seminário. Destacou, ainda, a realização de encontros direcionados à criação e proteção de áreas ambientais.

 

Facebook

Câmara Municipal do Crato

 Insira seu e-mail e tenha acesso às notícias da Câmara