Notícias

Câmara do Crato discute iluminação pública municipal

 

Questões ligadas à iluminação pública em Crato foram debatidas pela Câmara Municipal durante as sessões desta semana. Segundo o presidente do Legislativo, Florisval Coriolano (PRTB), é preciso urgentemente encontrar uma solução para esta problemática.

Troca de lâmpadas, recuperação de fiação e cobranças indevidas em contas de energia, são pautas frequentes em requerimentos dos vereadores, que são as solicitações que fazem na perspectiva de melhoria da cidade.

Na sessão de segunda-feira, 17, Thiago Esmeraldo (PP) ressaltou ter enviado ofício a Enel (antiga Coelce) pedindo explicações sobre cobrança de taxa de iluminação em via do Sítio São Vicente que está às escuras.

O vereador Antônio de Mano (PPL), afirmou que a principal Avenida de Ponta da Serra, em frente à igreja matriz, também tem trechos sem iluminação

Deve haver menos burocracia, segundo a vereadora Vicência Leandro (PMN), no processo entre o cratense solicitar o restabelecimento da iluminação pública e a efetivação do serviço.

Amadeu de Freitas (PT) opinou de que deve existir agendamentos em atendimentos desse tipo para que o serviço de iluminação pública possa ser organizado. Também informou que o setor responsável pretende disponibilizar um telefone para atendimento aos usuários.

Na sessão seguinte, realizada na terça-feira (18), a Câmara retomou o assunto. Florisval Coriolano (PRTB) solicitou esclarecimentos ao líder do prefeito na Câmara, vereador Renan Almeida (PEN).

Conforme o líder, dois eletricistas responsáveis pelo serviço pediram exoneração de seus cargos e outros dois profissionais foram contratados pela gestão.

O vereador citou a existência de problemas técnicos para a colocação de braços de luz nos postes. Segundo conta, o município não pode instalá-los sem a autorização da Enel.

A Câmara Municipal do Crato volta a se reunir na próxima segunda-feira, a partir das 9 horas no Plenário Paulo Bezerra.

Facebook

Câmara Municipal do Crato

 Insira seu e-mail e tenha acesso às notícias da Câmara